Filtro

9 dicas para desenvolvimento de sites com personalidade de marca

Planejando o desenvolvimento de sites

Não existe uma maneira única e correta de apresentar sua marca on-line, mas existem alguns elementos que são universais. Construir um site eficiente, que apresenta a personalidade de uma marca, promove mais conexões com o público-alvo e atrai novos clientes. Já um website que ignora ou é inconsistente com a imagem e com a personalidade de uma marca perde a oportunidade de moldar a percepção pública dela.

Nesse sentindo, nós podemos comparar a construção de um site com a construção de um perfil pessoal em uma rede social. As fotos, as informações, o tipo de conteúdo compartilhado e o tom de voz moldam a percepção das pessoas sobre a sua personalidade. A marca de uma empresa funciona da mesma forma, com essa construção sendo feita por meio de elementos que vamos abordar nesse artigo.

Um site com uma comunicação focada nas características de uma marca, além de gerar awareness, é capaz de fortalecer as conexões com clientes e potenciais clientes porque estará adequado ao que o seu público-alvo espera. E essas conexões emocionais são fundamentais para a construção de uma base de clientes fiéis.

Confira 10 dicas para o desenvolvimento de sites com a personalidade da sua marca!

 

1. Defina a personalidade da sua marca

O primeiro passo para o desenvolvimento de sites para a sua marca é ter a sua personalidade bem definida. Algumas etapas que ajudam nesse processo são a pesquisa de mercado e a definição de público-alvo (e de personas, se possível), para entender que tipo de personalidade de marca mais ressoa para eles.

A personalidade de uma marca é um conjunto de características e comportamentos aplicados à imagem e à voz da marca. Existem cinco tipos principais de personalidades de marca, havendo possibilidade de sobreposição e variação entre eles:

Competente – confiável, profissional, inteligente

Robusto – Resistente, ao ar livre, irreverente

Sofisticado – Refinado, charmoso, prestigioso

Excitante – Imaginativo, ousado, divertido

Sincero – honesta, caloroso, saudável

 

À medida que o seu site é construído, você precisa ficar atento se todas as escolhas, visuais e textuais, estão adequadas à personalidade escolhida para a sua marca.

 

2. Dê importância à identidade visual

A identidade visual é uma parte crítica da construção de uma marca forte. Dedique esforços para criar uma aparência consistente de como sua marca aparece no mundo e aumente o seu impacto sobre seu público. E lembre-se: o conteúdo com imagens obtém 94% mais visualizações do que o conteúdo sem imagens (Content Marketing Institute). Por exemplo, um blog post com imagens costuma ter 35% a mais de compartilhamentos.

Uma marca com uma identidade visual consistente tem maior expansão e gera um maior tráfego em seu site. Isso se dá porque as pessoas são capazes de reconhecer rapidamente a sua marca (o que aumenta as chances de elas indicarem seu negócio), o seu conteúdo tem mais chances de ser lembrado, há um aumento de credibilidade, e há uma maior probabilidade de a marca gerar conexões com o público que se identifica com a sua personalidade.

 

3. Faça um bom uso da logo

A sua logo é o rosto da sua marca e, consequentemente, tem um papel importante para as definições estéticas do seu site. A criação de uma logomarca envolve a escolha de uma combinação de ícones, tipografia e cores que melhor representam os produtos, valores e personalidade da sua empresa.

Um ponto interessante para a criação de logos é a escolha das suas cores. A psicologia das cores é um campo bem pesquisado e pode ter um impacto nas percepções dos clientes sobre sua marca. Vale a pena pesquisar mais sobre o assunto.

Após a criação da logo, recomenda-se usá-lo na página inicial do seu site, no canto superior esquerdo de cada página.

 

Psicologia das cores

 

4. Trabalhe as cores da marca

Baseie a paleta de cores do seu site nas cores do seu logotipo. Considere quais cores usar no plano de fundo, nas barras de navegação e nos textos em destaque, como CTAs e títulos.

Siga o guia de estilo de sua marca, que deve conter as cores primárias e secundárias, e listar os códigos Pantone, RGB, CYMK e Hex para cada cor. Isso garante que qualquer pessoa que estiver criando conteúdo para sua marca use as mesmas cores. Se a sua marca ainda não possui um guia de estilo, é hora de cria-lo.

 

5. Use uma família de imagens

Já citamos um pouco sobre a importância do uso de imagens no seu site para a criação da uma identidade visual. Agora você precisa entender que o importante não é apenas utilizá-las, mas manter uma consistência entre elas, fornecendo uma unidade visual como se fizessem parte da mesma família.

As imagens ou ilustrações que você usará para a sua marca também precisam complementar a paleta de cores da sua identidade visual e da sua logo. E certifique-se de que as cores das imagens não colidam com o logotipo ou com o plano de fundo do site.

Também é recomendado que você crie as suas próprias fotos e imagens, evitando o uso de banco de imagens (o seu uso é mais comum para a ilustração de blog posts, por exemplo). Quando for necessário utilizar bancos de imagens, é fundamental que você use apenas aquelas para as quais tem permissão de uso e que siga todos os requisitos de atribuição para evitar possíveis violações de direitos autorais.

Um recurso que tem sido cada vez mais utilizado é o uso de sobreposições de cor: uma camada de cor semitransparente sobre a imagem, ou sobre uma parte dela, transformando uma imagem genérica de banco de imagens em uma imagem adequada à marca. As sobreposições de cor também auxiliam na legibilidade quando há texto sobreposto à imagem.

Além de sobreposições de cor, você também pode utilizar outros elementos de design para sua marca, como texturas, formas, bordas, linhas e redemoinhos. O que importa é utilizar algo que o seu público verá repetidamente em seus materiais e gerará reconhecimento de marca.

 

6. Crie e/ou use templates

Com objetivo de acelerar os processos de criação do seu site, redes sociais e quaisquer materiais gráficos da sua marca, um prática bastante utilizada é a criação de templates, de um grupo de layouts mestres.

É por meio dos templates que você facilitará o entendimento de como deseja que as futuras imagens da sua marca sejam criadas. Ao criar sua coleção de templates, considere os formatos mais utilizados pela sua equipe, seja para citações longas, citações curtas, blog posts, materiais de vendas, materiais de apresentação, etc.

Especificamente para o desenvolvimento de sites, também há a possibilidade de usar templates fornecidos por plataformas como o wordpress, por exemplo, que também permitem edições. Defina que tipo de site o seu negócio precisa antes de decidir por um modelo, para que o seu design apoie os seus objetivos. Muitos desses templates também são acompanhados por pacotes de fontes, ícones e ilustrações, o que pode lhe ajudar a manter uma identidade visual coesa.

 

7. Defina a sua tipografia

Com os elementos visuais da sua marca já definidos, é hora de você se preocupar com a linguagem. Como a sua marca fala, o tipo de vocabulário e o seu tom de voz são alguns dos elementos que também ajudam a definir a sua personalidade.

Um desses elementos é a tipografia dos materiais produzidos para sua marca, que se refere às fontes e como elas são utilizadas. Tenha o cuidado de manter consistência entre as fontes primária e secundárias. A tipografia também deve ser definida no guia de estilo da marca.

Tipografia no desenvolvimento de sites

 

8. Considere o uso de um slogan

Nem todas as empresas fazem uso de um slogan ou tagline, mas ele é uma excelente maneira de adicionar personalidade à marca. Um bom exemplo de slogan é o “Just do it”, da Nike, que torna a marca memorável, encorajadora e motivacional, promovendo conexão com os consumidores.

O slogan pode ser utilizado junto à logo. No website, ele é normalmente usado na página inicial, para que os usuários o visualizem assim que acessem o site. Também é possível explicar um pouco mais sobre o slogan na página “Sobre nós”.

 

9. Escreva textos e blog posts com a voz da sua marca

Todos os textos do seu site também precisam ter a voz da sua marca, incluindo cabeçalhos da barra de navegação, textos do site em geral, títulos e subtítulos e perguntas frequentes. Lembre-se de que cada interação que você tem com seus clientes – desde postagens longas e envolventes até textos minúsculos – molda a percepção que eles têm de sua marca.

Tem ficado cada vez mais claro, para os profissionais de marketing, os benefícios de um blog para uma empresa. Blog posts, além de serem excelentes para a construção de estratégias de SEO e para construção de um branding de especialista de mercado, também são uma oportunidade para revelar a personalidade de uma marca. Lembre-se disso ao planejar o desenvolvimento de sites.

Vale lembrar que um blog post também pode ser o primeiro contato do leitor com a sua empresa, se fazendo importante que ele não transmita apenas informações, mas que tenha um tom de voz condizente com a personalidade da sua marca.

 

Nós sabemos que agora você tem muitas coisas para serem definidas no que tange o desenvolvimento de sites para a sua empresa, além de toda a execução. Mas lembre-se, você sempre pode contar com parceiros como a Agência Vision Comunicação para o desenvolvimento de sites e apps condizentes com a sua marca e seus objetivos. Conte conosco!

Posts relacionados

Contato

Rua Miguel Sutil, 370, Brooklin,

04583-050, São Paulo, SP, Brasil

 

5096-0697 / 5042-2004 / 5042-1999

 

contato@visionline.com.br